Alguns projetos que merecem seu apoio




Uma das maravilhas da internet é conectar diretamente as pessoas, eliminando os atravessadores: se você quiser dar sua opinião sobre alguma coisa que gosta (ou não gosta), não é mais necessário passar por alguém de uma revista/jornal/rádio; não é mais preciso esperar a livraria/banca trazer aquele livro que você quer. Ainda assim, nesse modelo dependemos daquela pessoa da editora/empresa/rádio/qualquer-coisa que decida investir seu dinheiro para produzir aquele material que queremos consumir.

Eis que a internet corta mais um atravessador: EU posso ser um dos investidores e ser um dos que vai decidir o que será produzido! I got the power!!!

Aqui estão alguns projeto que decidi apoiar.

“PADRIM” do site Leitor Cabuloso

logo-cabulosinhoO Leitor Cabuloso é um site totalmente dedicado a incitar o gosto pela leitura. Veja que eu optei por “gosto” ao invés do usual “hábito”, porque pra mim hábito é escovar os dentes, arrumar a cama, pagar as contas antes do vencimento… enfim, essas coisas nos doutrinamos a fazer mais por ser um dever. Agora, a leitura é um prazer! Eu não acho que a leitura deve ser algo que fazemos simplesmente porque estamos acostumados a fazer isso. E o Leitor Cabuloso (LC) passa muito essa ideia de que a leitura/literatura é algo divertido, empolgante, contagiante.

Recentemente, o LC lançou o projeto de PADRIM para ajudar a custear o site, com o objetivo primário de manter o CABULOSOCAST (podcast de literatura) sendo publicado semanalmente. O PADRIM é a versado brasileira do PATREON, que nada mais é que um sistema de contribuição mensal que você se cadastra e pode enviar automaticamente seu dinheiro para o projeto que você deseja “apadrinhar”. As contribuições são a partir de RS 1,00 e existem recompensas de acordo com a sua contribuição. Eu escolhi o plano de R$ 5,00.

Eu me tornei um padrinho do LC por acreditar que eles fazem um serviço de utilidade pública ao disseminar a leitura, não só o material que eles mesmos produzem, mas também ajudam a divulgação de muitos outros podcasts, blogs, canais do youtube e sites que trabalham com literatura.

Quem ficou interessado, mais informações AQUI.

Livro: Sentimentos à flor da pele

Com a onda de youtubers publicando livros, os podcasters não poderiam deixar passar a oportunidade de também lançar sua escrita. Já temos alguns alguns que optaram pela “multiclasse”, como Mateus Lins do LiterarioCast e Gustavo Magnani do Literatortura/30:Min, mas novidade agora é outra: um livro escrito por VÁRIOS podcasters de diferentes podcasts de literatura.

O livro é uma coletânea de 10 contos onde cada escritor/podcasters escolheu um sentimento para ser o tema, personagem ou tom de sua história, sob o sugestivo título de “Sentimentos a flor-da-pele”. O projeto está no CATARSE e vai até o dia 28/12/2015. A menor contribuição é de R$ 15,00 e garante uma cópia digital do livro e seu nome nos agradecimentos. Para aqueles que desejam a versão física, ela está disponível a partir de R$ 30,00. Existem outras recompensas para quem quiser contribuir ainda mais.

livro sentimentosAlguns autores fizeram um vídeo  lendo um trecho de seus contos que vocês podem conferir:

Eu apoio o projeto e, como sou desses que prefere o livro físico, contribui com R$ 30,00, Quem ficou interessado, o link do projeto no Catarse está AQUI.

Projeto O ÓCIO: escreva um conto em um mês!

Este mês fui abordado pelo site Supernovo sobre o projeto NaNoWriMo. Basicamente,  é uma abreviação para National Novel Writing Month (literalmente, mês nacional de escrever um romance), uma iniciativa que funciona como uma maratona para escritores. O objetivo do projeto é fazer com que as ideias saíam do papel, simples assim. A ideia nasceu nos EUA para incentivar as pessoas a escreverem um romance (no sentido do livro/narrativa, não necessariamente uma história de amor) no prazo de um mês e escolheram Novembro para isso.

logo-oocio

O projeto do Supernovo é um desafio mais modesto: escrever um conto neste mês de Novembro. O projeto se chama O ÓCIO e propõe escrever contos com a temática ou ambientação na madrugada, composto de 5 mil a 8 mil palavras. Eles vão escolher de 6 a 8 contos enviados para compor uma coletânea que será lançada como e-book e disponibilizada gratuitamente.

Esse é um projeto que não envolve dinheiro, mas tempo em ajudar na divulgação. Mais informações do projeto AQUI.

Revista Digital PULPFICTION

Aproveitando que já estou recomendando várias coisas, gostaria de indicar um projeto do Vilto Reis e do Jefferson Figueiredo do Homoliteratus  que reúne diversos contos numa publicação digital e gratuita: a revista PULPFICTION. O projeto consiste em reunir em cada edição da revista uma seleção de contos de uma mesma temática/proposta. Foi aberto um período para que qualquer um enviasse seu conto de até 10 laudas para o site, onde os idealizadores do projeto fizeram a seleção e revisão. Dê uma olhada no projeto:

Pulp_Fiction_1_Banner_site-650x380

Na primeira edição, todos os contos possuem “um quê” do cineasta Tarantino, seja na temática sanguinolenta, seja na escrita não linear, seja com reviravoltas ou diálogos aparentemente desconexos com a trama. Quem é fã dos filmes do Tarantino (assim como eu) vai reconhecer facilmente esses elementos nos contos. Eu gostei bastante do que eu li. Caso você tenha ficado interessado no projeto do livro “Sentimentos à flor da pele”, alguns dos participantes escreveram contos para essa edição da PULPFICTION. Assim você conferir um pouco da escrita desses autores.

A revista está no Nº 01, mas já na primeira edição foram recebidos cerca de 200 (isto mesmo, duzentos) contos, sendo selecionados apenas 10. Em breve será aberto o período para o envio dos contos para a 2ª Ed. da revista, que desta vez terá a como tema o Western Spaghetti do cineasta Sergio Leoni.

Baixe a revista em PDF e depois me fale o que achou.

– BASSO